O que te move?

Fonte: Editora Novo Conceito/Site.
Título: O que Te Move?
Autor: Fernando Moraes
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 160
Avaliação: 5/0

O que te move?
Não sei você, mas eu particularmente acho essa uma das perguntas mais complicadas de se responder; E foi por esse motivo que me interessei por esse livro, afinal, fiquei curioso para saber a opinião do autor sobre o assunto.
Mesmo em ações  imediatas, o empoderamento tem que ser permanente, considerando que aquelas pessoas precisam compreender que são as únicas capazes de transformar suas realidades. Quanto mais se possibilitar esse entendimento, maiores serão, certamente, as chances de mudanças.  Página: 10.
Mas quem me conhece bem, sabe que não sou muito adepto de leituras motivacionais. Já me decepcionei muito com livros desse gênero, pois muitos trazem receitas bastante previsíveis, repetitivas e entediantes que acabam levando muitos leitores a seguir tais ensinamentos e logo depois se sentirem frustrados.
Entre outras coisas, o que me chamou a atenção nesse texto foi o trecho: "Os homens amarão a si mesmos". É evidente que todo o restante nos faz pensar, mas essa passagem, em especial, foi o ponto de inspiração e reflexão para este livro. Digo isso pelo simples fato de vivermos dias de profunda busca por reconhecimento próprio. Não que isso não acompanhe a trajetória da humanidade, mas está muito em evidência, hoje, essa sede de status e poder, de estar na frente, no ápice, no glamour do topo. E fico me perguntando: Para quê? Para quem? Por quem? Página: 18.
O grande diferencial da escrita do Fernando Moraes, ao menos nesse livro é que ele não trás tais “dicas”, mas sim textos que nos faz refletir e acatar ou não o que neles é dito. Em nenhum momento ele diz que devemos fazer isso ou aquilo outro para conquistar tal resultado. Ele simplesmente conta através de suas vivências, de palavras bíblicas, de estudiosos e de pessoas próximas ou não o que acha do assunto abordado. 
Desde a minha infância ouço expressões do tipo "esse é para casar", "essa moça é honesta" entre outras definições. Então, ao longo da vida, fui percebendo que na verdade nesse conceito de ser "bom" está implícito sempre corresponder aos anseios de alguém. E não acho isso nada bom, sem trocadilhos. Página: 27
Acredito que aquela tranquilidade que encontramos dentro de nós em algum momento de nossas vidas, sem às vezes nem saber os motivos reais, seja de fato a intangível felicidade. Não poder mostrar o que se é, com medo daqueles que acham ser alguma coisa, repudiando e condenando nossas afirmações, me leva a acreditar que pior do que nos limitarmos a ser felizes é nos rendemos às infelicidades dos outros. Página: 29.
O foco principal de O que te move é o protagonismo social. Mas o que seria isso? Mais uma pergunta complica, não? Talvez alguns saibam, outros tenham uma vaga ideia do que seja, porém alguns vão correr o mais rápido possível para o Google para pesquisar sobre. E o mais legal no livro é isso, o autor busca através dos textos, uma maneira de fazer o leitor tomar nota que sabe de fato o que significa protagonismo social, que só basta  se aprofundar no assunto e é isso que o livro propõe.
Não perguntamos para as pessoas  o que elas querem, vamos concluindo a partir de nossos pressupostos o que os outros são. Mas devemos compreender que, não importando o reconhecimento que temos, se somos doutos ou leigos, intelectuais ou ignorantes, somos pessoas, e por isso temos a capacidade de nos transformar. Página: 159.
Poderia passar horas aqui mencionando as inúmeras vezes que esse livro me fez parar para refletir sobre tal ação ou não ação que eu cometi ou  poderia cometer. E não apenas sobre mim, mas em relação ao todo, entende? Ter lido esse livro, foi muito edificante, aprendi muito com cada palavra. E o melhor, conseguir assimilar tudo sem deixar de seguir meu próprio ponto de vista. Não foi como se eu tivesse me deixando alienar, mas sim como se eu estivesse me permitindo aprender coisas novas, dais quais sempre acreditei e acatei, e demais que ainda não tinha conhecimento, mas que adorei ter. Enfim, leiam esse livro! Tenho certeza que algo em vocês, leitores irá mudar, quero dizer brotar, afinal pensar no próximo e demais questões são coisas que já nascem conosco, entretanto muitas vezes isso só precisa ser trabalhado. 



11 comentários

  1. Eu já dou o contrário de você, gosto bastante de livros motivacionais e de auto-ajuda. Pelo que você falou esse livro parece ser bem interessante de ler, e ótimo para refletir. Gostei bastante da sua resenha!

    http://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  2. Oi, Renato! Tudo bem? Cara, eu tava com a impressão de que não ia gostar desse livro, mas lendo sua ótima resenha percebi que "O Que Te Move?" tem muito a acrescentar em minha vida. Creio que vou gostar da obra! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua resenha. Parece ser um livro muito legal.
    Bom restante de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  4. Também não gosto de livros motivacionais, mas esse parece ser diferente e muito bom, gostei da resenha!
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  5. Oi Renato!

    Eu tb tenho muita dificuldade em ler livros desse gênero, mas acho legal a gente testar novas aventuras. Gostei da proposta de reflexão!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Não conheço o autor, mas essa é realmente uma pergunta que dá que pensar. Não é nada fácil de responder! Boa quinta-feira. :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  7. Olá, Renato.
    Eu definitivamente não gosto de livros assim. Prefiro ler ficção. Já tentei várias vezes e me dá sono ou fico lendo a mesma página várias vezes e não sei o que li. Mas que bom que gostou tanto. Eu não sei o que é protagonismo social e vou ter que pesquisar hehe

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Quero esse livro! preciso, irá me ajudar na minha pesquisa. Haha

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Oie Renato =)

    Confesso que livro assim não me chama a atenção. Sei lá sinto que todos são meio que formulas prontas, que nem os vários ebook de Marketing que as vezes tenho que ler por causa do trabalho.

    Mas ficou feliz que você tenha gostado e aproveitado a leitura ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  10. Oi Renato!
    Confesso que assim como vc também fui atraída pelo título, mas que também assim como vc ficaria com pé atrás, pensando que não passaria de um livro com "DiCAS" é muito bom saber o autor não abordou dessa forma. Beijos

    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir